Brazil South America

Longa vida ao arroz

on
julho 12, 2018

O galo mal havia começado a cantar quando o agricultor João Josemar da Silva saiu para a roça vestido de um par de botas Sete Léguas, calça jeans, uma jaqueta surrada e um boné azul. Montado em um trator de 30 toneladas, passou a manhã na lavoura submersa em um campo alagado – o arrozal. Mas toda essa dedicação foi por um motivo: cuidar de 90 hectares de plantação de arroz na localidade do Guamiranga, cerca de 50 quilômetros do centro de Araquari, na zona rural do município.

João tem 45 anos e é falante, do tipo que encaixa uma palavra na outra em velocidade impressionante. Do lado paterno, herdou o apreço pela cultura do cereal; e há quase duas décadas produz 12 mil sacas do produto por safra. E nesse quesito, Araquari é a quarta cidade em produção no Norte catarinense, ficando atrás apenas de Joinville e Guaramirim.

Outro número capaz de encher João de orgulho são os dados divulgados no Encontro Regional para Avaliação da Safra, na estação da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). Segundos os dados, o município registrou a quarta maior produção de arroz na safra 2012/13. A produção total,  considerando safra e soca, foi de 17.056 toneladas de arroz.

De sorriso fácil, João explica que a produção dele consiste em três tipos do cereal: Epagri 109, SCS 117 e 113. Em resumo, é o mesmo tipo de arroz que vai à mesa da maioria dos brasileiros, quase sempre acompanhado com feijão temperadinho, toucinho, farofa e –, quem sabe linguiça à moda toscana, carne moída refogada com chuchu. “Na minha mesa, o arroz não pode faltar”, confessa.

Natural de Guaramirim, o agricultor teve que deixar a mulher e dois filhos na cidade vizinha para cuidar do plantio em Araquari. A única companhia é do irmão e do primo, que o ajudam na lavoura. Mas, embora seja um especialista na produção de arroz, passa um apertado na cozinha. “Às vezes é difícil ficar aqui, sentir saudade da família e da comida da minha esposa”, conta.

João conta também que não é uma tarefa fácil transformar seus filhotes em agricultores. Dos três filhos, apenas um, de 14 anos, abre mão de trabalhar na cidade grande para continuar no campo. “Minha esposa não quer vê-lo na lavoura, mas eu apoio meu filho”, afirma o agricultor.

  • O ARROZ  irrigado em Araquari é cultivado por 96 cultivadores em aproximadamente 2.160 hectares. Todos eles recebem orientação técnica e insumos da Epagri.

Prefeitura de Araquari – Site [ Araquari | Santa Catarina – Brasil | Set. 2014 ]
Perfil | © Jonatar Evaristo • • Foto [arquivo]   | © Jaqueline Ronsani • •

TAGS
RELATED POSTS

LEAVE A COMMENT